segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Pequeno Poema Bêbado

Diante do êxito, hesito, pleno de vitórias vãs.
Diante do absurdo, absinto, para esverdear manhãs.

Nenhum comentário: