segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Borboletas, Ipês e Umidificadores de Ar




Hoje é um dia lindo. Primeiro dia de primavera. A cidade está seca como nunca esteve. Sim, pode tirar dois sentidos disso. Seca de falta de umidade. E seca de tantas outras sedes metafóricas. Não vale a pena citá-las. Use sua imaginação aqui. Mas tome cuidado para o cérebro não trabalhar demais. Seu nariz pode sangrar e você pode ficar pessimista. Aí, toda aquela parafernália fegshuística que você colocou no quarto não vai servir pra nada. Vai ser energia liberta que nem centro espírita resolve.

Mas lembre que eu comecei bem. "O dia está lindo." Continuemos ensolarados. O dia está lindo e daqui da minha janela eu vi uma borboleta sobrevoando o telhado. Tinha um certo lilás na asa dela que eu queria muito para os meus desenhos. Um lilás que a acrilex não fabrica e que eu ainda não aprendi a fazer do azul e do branco. Nem do azul e do vermelho. Fiquei olhando a borboleta tilitando pelas telhas, brilhando sob o sol de um jeito que me pareceu tão ciente da própria beleza, que eu pensei: é onipotente! E eu ali, querendo o lilás dela. Me perdi numa fração de segundo com a imagem da cor no pensamento. Quando retomei o olhar, ela tinha sumido. Fixei o olho, pra ter certeza. Um calango desenvolto passeava pelo telhado. Não sobrara nada do lilás. Da borboleta, só uma antena que o calango rapidamente sorveu como se fosse um fio de macarrão.

... Perdão. Se serve de consolo, a borboleta não poderia ter outro destino, já que borboletas vivem muito pouco. Você poderia argumentar que em vez de virar almoço de calango, a pobre borboletinha poderia ter morrido de velhice aos seis meses de idade repousando sobre um girassol depois de ter sorvido seu pólen à exaustão. Mas pense, por outro lado, na felicidade do calango.

Pense também que é primavera, primeiro dia de primavera. A cidade está cheia de ipês floridos e não seria uma má idéia você ir às duas da tarde até o Eixo Monumental apreciar as árvores. Agora, se o passeio for inviável por causa do trabalho, joga no google images "ipês brasília eixão" e coloca no seu computador como protetor de tela.

Ah, sim, a cidade está seca como nunca esteve, não esqueçamos. Nesse caso, se você não tiver comprado um umidificador de ar, vale à pena molhar umas toalhas e pendurar nas janelas. E caso o síndico do seu condomínio venha a lhe lembrar que você não mora em cortiço e queira lhe multar por poluição visual, a solução mais prática necessita de apenas dois ítens: 1 copo d'água e um cotonete. O primeiro passo é mergulhar o cotonete no copo d'água. O segundo passo é enfiar o cotonete no seu nariz. Siga esse procedimento de dez em dez minutos, ou nos intervalos da Márcia. Importante: quando ela disser que a promoção da TekPix só é válida para quem ligar nesse exato momento, não acredite. Eles aumentam o preço de mercado primeiro pra você acreditar que está adquirindo o produto mais barato, quando na verdade está comprando pelo preço de mercado.

Nesse momento você recebeu um conselho valioso e conselho valioso é motivo para sorriso e otimismo, disse o Osho... Não disse, mas poderia ter dito.

Pois bem. A quase inexistência de umidade e o episódio da borboleta assassinada ficaram para trás. Dá para respirar com alívio agora. Sim, pode tirar dois sentidos disso: respirar com alívio porque a vida é bela de novo, ou respirar com alívio porque as suas cavidades nasais estão devidamente umedecidas.

No fim das contas, é um bom dia. Ipê florido no computador já é um adianto para o feng shui. Um calango feliz passeia saciado por telhados e muros, e uma borboleta lilás-que-a-acrilex-não-fabrica foi encontrar Jesus. Seu nariz não sangrou até o presente momento e você pode adquirir sua TekPix em qualquer hora que telefonar e pagar as treze parcelas sem sofrer pressão da Márcia. Você aprendeu métodos umidificantes - eu diria, edificantes- e como mencionei lá atrás, continuemos ensolarados. Desesperados por chuva, uns três dias dela. Uma boa tempestade, na verdade.

Enfim, é o primeiro dia de primavera. A cidade está seca como nunca esteve. Sim, de secas metafóricas também. Mas é melhor não tocarmos nisso.

Nenhum comentário: